quarta-feira

Lucid Drink

Você choveu em mim por quatro dias e cinco noites.
Você sorriu e fez sorrir.
Você explorou os meus tendões, você mexeu com os meus sentidos.
Você renovou as lembranças de odores e gostos, você fez bem aos meus olhos e ao meu espírito.
Você me achou pela metade e me reuniu de volta como com pedaços de limões.
Você afundou na minha onda e me deixou na beira.
Você não é animal nem vegetal, melhor e pior do que parece.
Você me assusta e me conforta.
Você virou realidade.

Um comentário:

Leone Dalla Torre disse...

"...Assim: de repente ao dobrar uma esquina dou de cara com você que me prega um susto dementirinha como aqueles que as crianças pregam umas nas outras. Finjo que me assusto, você me abraça e vamos tomar um sorvete, suco de abacaxi com hortelã ou comer salada de fruta em qualquer lugar. Assim: estou pensando em você e o telefone toca e corta o meu pensamento e o do outro lado do fio você me diz: estou pensando tanto em você". (Caio Fernando Abreu)